Quarto disco de estúdio do septeto Constantina traz paisagens náuticas entre sonoridades e texturas


Foi lançado no final de 2011 pelo selo independente La Petite Chambre o disco Haveno, novo trabalho da banda instrumental Constantina. A banda, que tem público cativo na região sudeste, é conhecida pela sua música instrumental minimalista e elegante, que sempre apresenta interferências eletrônicas bem trabalhadas e um som sem amarras em gêneros específicos. 

O grupo mineiro, criado em 2003, não lançava um novo trabalho desde 2008. Neste período, passou por um reconfiguração: deixou de ser o quarteto do aplaudido Hola Amigos, tornando-se um septeto. A mudança permitiu a incorporação de um leque maior de cadências e possibilidades sonoras, o que se reflete na complexidade musical apresentada em Haveno. Com nome retirado da língua franca universal Esperanto, Haveno significa porto e traz à baila o universo náutico e suas intempéries, que vão da calmaria às tempestades. Remete ainda ao momento pelo qual o grupo passou, enfrentando algumas mudanças e reconfigurações para enfim aportar em local seguro. E claro, esperam que dali saiam para novos caminhos.
O disco, lançado oficialmente em shows na cidade de Belo Horizonte e Maceió, é composto de sete faixas, tendo em média seis minutos de duração cada uma. Seguindo a linha atual do mercado fonográfico, o septeto disponibilizou o disco virtual e gratuitamente para o público através do seu site. Na sua versão física, o disco apresenta ainda pequenas texturas que compõem as mudanças de faixas. Merece destaque também a preocupação do grupo com a linguagem visual. O projeto gráfico de Haveno, desenvolvido pelo designer Bruno Nunes – também músico e integrante da banda – se estende em diálogo intenso com o som produzido. A proposta de fazer essa conjugação das visualidade com a linguagem musical não é novidade para o Constantina, que sempre foi reconhecido por essa composição. 

O Constantina – formado por André Veloso (teclados e sintetizadores), Bruno Nunes (guitarra), Daniel Nunes (bateria), Gustavo Gazzola (guitarra), Lucas Morais (trompete), Thiago Vieira (baixo) e Túlio Castanheira (vibrafone e percussão) – brinca que suas influências em Haveno vão do “pão de queijo” aos “caboclos de lança”. Isso porque transparece na concepção do disco sonoridades e ritmos regionais brasileiros, criando diálogos entre imagens, sons, ruídos e texturas. E que a mistura termine por fazer o sertão virar mar: é o que espera o Constantina.

Ficha técnica
Constantina - Haveno (2011)Gravado pelo selo independente La Petite ChambreEditado, mixado e masterizado por André Veloso e Daniel Nunes. Arte gráfica por Bruno Nunes.
Disponível para compra e download em www.constantina.art.br
_________
Carla Soares Faria
(31) 9146-8708
Assessoria de Imprensa - Constantina
Compartilhe no Google+
    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário