SOS Periferia (Santa Luzia - MG)



Com um trabalho impactante, inspirado em nomes do hip-hop mundial como Das EFX, Wu Tang Clan e Onyx, o SOS Periferia surgiu em 1999 com uma proposta artística que une rap, ragga, funk, soul e o que mais couber em seu caldeirão sonoro. A mescla da música com dança e artes cênicas, foi o estilo batizado por seus integrantes como: “Hip Hop progressivo mundial”.
Oriundo da periferia de Santa Luzia (Minas Gerais) o grupo, que se tornou um dos principais nomes do rap produzido no estado, era inicialmente formado por Renato LS, ATS, Muck e Negro Beto. E depois veio as participações de Luana, Castanha e Dj DL.

O grupo conquistou reconhecimentos importantes como os prêmios Melhores do RAP BH nas categorias Grupo Revelação e Melhor Compositor (Renato LS), além boa repercussão do CD “História sem fim”, produzido com recursos próprios e a gravação da música “Liberdade Paz e Amor”, na qual contaram com a participação do mestre Marku Ribas. Agora o SOS apresenta uma nova proposta com o trabalho intitulado Metamorphose, novo álbum que conta com a produção de Paulo Maitá, além da participação do soul-man Gerson King Combo.

A nova empreitada traduz a vivência musical diversa dos integrantes ao longo dos anos, além de uma nova formação na qual o grupo é representado por Renato LS, Negro Beto e Luana (vocais), DJ Tocão (toca-discos) ´Soró (Baixo) e Bodô Tambor (percussão).

As letras críticas que exploram toda a complexidade das relações humanas, além das desigualdades sociais, ganham ainda mais força sob uma roupagem musical cosmopolita, que ignora as fronteiras culturalmente impostas e avança rumo a novos horizontes, conquistando espaços e surpreendendo com as suas performances únicas e identidade marcante.




Integrantes:
Negro Beto - Vocalista
Renato LS - Vocalista
Luana - Vocalista
Toção - Dee Jay
Bodô Tambor - Percussionista
Soró - Baixista
Cláudio - Guitarrista

Contatos para com o grupo:
Telefone: (31)8556-4533
E-mail: sos@sosperiferia.com.br
Compartilhe no Google+
    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário