Projeto Riffs Desplugados comemora 1 ano com pocket show da Escândalo Fônico (Sexta 16/03)




O Riffs Desplugados completa nessa sexta (16/03) 1 ano de existência e de bons serviços prestados a cena rock autoral de Manaus. E para comemorar em grande estilo, o Riffs apresenta o acústico com a banda Escândalo Fônico. O pocket show começas às 19h30 com entrada franca. Nos intervalos vai rolar sorteio das "marmitas culturais", adesivos, camisetas e cds.

Riffs Desplugados
Desde a primeira edição que aconteceu em março de 2011, o projeto tem como objetivo servir de palco alternativo para as bandas, movimentando e valorizando o trabalho dos artistas, abrindo espaço também para as bandas iniciantes. O Riffs já se tornou um evento consolidado no cenário local. O projeto é uma realização da Saraiva Megastore Manaus, do produtor cultural Sandro Nine e do Coletivo Difusão, com apoio do Cuia Coletiva.

Pelo palco do Riffs já passaram as bandas Ed Ondo, Tudo Pelos Ares, Playmobils, Projeto Campari,Humanos, Tucumanus,o músico A.B. Groovy, Alíases, Roodie, Alaídenegão e a cantora Elisa Maia.


A temporada 2012 teve início com show da banda Luneta Mágica em janeiro e pela primeira vez o projeto trouxe uma atração de fora, a banda roraimense Haadj na edição de fevereiro.

Haadj - Foi a primeira banda da parceira na edição de fevereiro.


Essa inciativa deu o pontapé inicial ao intercâmbio com artistas da região norte, assim como agentes culturais que trabalham em prol da música e cultura do cenário nacional. O projeto firmou parceria com o Coletivo Canoa (RR), site Som Independente (PA), Push Play/Toca Rock e a produtora RM. A ideia é criar um circuito para as bandas, fortalecendo o cenário musical entre MAO/BV e a integração com países vizinhos como a Guiana Inglesa e a Venezuela. Os "hermanos" da Acertijo (Venezuela), destaque no último GR Pacaraima 2012, confirmaram a presença no projeto para o segundo semestre.



Manoel Villas Boas (Coletivo Canoa) - Parceria começa a circular bandas de MAO/BV, Guiana e Venezuela.

Bandas locais confirmadas em 2012: Anônimos Alhures, Infamia, Seaside e Mezatrio.

Bandas e artistas de Roraima confirmados: Vinicius Tocantins/ Sérgio Barros, JamRock e Mr. Jungle e Reclive.



Sobre a Escândalo Fônico

Formada em 2008 com o objetivo de criar suas próprias músicas, com influências de Druques, Strokes, Muse e Los Hermanos, a Escândalo Fônico é uma das gratas surpresas da nova safra do rock local. A banda faz um som com letras inteligentes e belas melodias, influenciados por Druques, Strokes, Muse, Los Hermanos e Luneta Mágica (Isso mesmo, uma referência da prata da casa). Atualmente a banda está concluindo o seu primeiro álbum,ainda sem título e previsão de lançamento.

A banda traz os integrantes: Bruno Pereira no vocal e alterna no contra baixo, Mário Sérgio no contra baixo e alterna no vocal, Daniel Alencar na guitarra base, Marco Rezende na guitarra solo, Ronyveder Costa na bateria e Guedryan Rezende nos teclados.

“O projeto Riffs Desplugados é um dos maiores eventos de música autoral de Manaus, aonde possui um ambiente atrativo e convidativo, consegue atrair um público que não se consegue em outros eventos, pois possui a brilhante ideia de ser promovido num dos maiores símbolos de cultura, uma livraria, sem contar o grande porte que é a Saraiva Megastore, o projeto tem toda a infraestrutura necessária para o sucesso das apresentações das bandas, permitindo a qualidade sonora e satisfação do público, o projeto Riffs Desplugados conta com uma equipe que conhece a cena autoral da cidade e exerce um esforço para promover a cultura local". Guedryan Rezende

http://escandalofonico.blogspot.com/



Realização:
Saraiva Megastore, Sandro Nine e Coletivo Difusão


Apoio:
Coletivo Canoa Cultural

Cuia Coletiva

Push Play Produções - Toca Rock

Som Independente

Estúdio Garagem 30

Revista Intera

VertRock

Jornal A Crítica

Jornal Folha de Boa Vista

Blogs:
Manifesto Rock

Som do Norte

Canoa Pop

Manaus Rock

Rock Manaus

Rockazine


Agradecimentos à todas as bandas que participaram do projeto, Saraiva Megastore (Andreia Mayumi, pela confiança e ousadia, Cinira Matos e equipe), Coletivo Difusão, Cuia Coletiva, colaboradores, apoiadores e a todos que acreditam na cena rock autotal de Manaus. Não basta criar, tem que fazer. Isso é apenas o começo. 



"Entender a cena é fazer parte dela"

Por Sandro Nine
Manifesto Rock - Som Independente - Projeto Riffs Desplugados
sandronine33@hotmail.com
Compartilhe no Google+
    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário