Selo Som Independente Records é o Vencedor do Prêmio Dynamite 2013 na Categoria Melhor Selo!!




É com enorme satisfação que comunicamos que o Selo Som Independente Records foi o grande vencedor do Premio Dynamite 2013 na categoria Melhor Selo.

A informação foi dada pelo site da Dynamite, onde, numa lista, mostra todas as categorias e seus vencedores.

A cerimônia de premiação do Prêmio Dynamite de Música Independente 2013, ocorreu na noite do dia 22/08, no Centro Cultural São Paulo. Em um clima descontraído, Clemente (Inocentes/Plebe Rude/Show Livre) e André “Pomba” (ONG Dynamite) comandaram o evento anunciando os vencedores. Durante a premiação, ocorreram performances das bandas Baleia Mutante, Ação Direta e Baranga. O grupo Tihuana encerrou os shows-case tocando versões acústicas e exclusivas para o prêmio. Os músicos Paulão (Baranga) e Gepeto (Ação Direta), grandes representantes do cenário independente, foram os homenageados da noite.

A representante do Som Independente, Michelly Sue (Campinas/SP), foi à cerimônia de premiação para receber o troféu e nos contou um pouco da sua emoção. “Foi com muita emoção que fui receber o troféu Prêmio Dynamite 20013, e representar o trabalho de toda uma equipe. Fui muito bem recebida pela equipe Dynamite. Parabéns ao trabalho de todos que cooperaram para que tudo desse certo e o nosso muito obrigado a todos que votaram no Selo Som Independente Records”.

A Equipe do Som Independente, mais uma vez agradece imensamente a todas as pessoas que votaram no Selo Som Independente Records, tornando possível um sonho que sempre sonhávamos, dormindo ou acordados.

A seguir, a lista completa dos vencedores:

Melhor álbum de heavy metal: Andre Matos – “The Turn of the Lights” (SP)
Melhor álbum de indie rock:
Jair Naves – “E você se sente numa cela escura, planejando a sua fuga, cavando o chão com as próprias unhas” (SP)
Violins – “Violins” (GO)
Melhor álbum de mpb: Tom Zé – “Tropicália Lixo Lógico” (BA)
Melhor álbum de música eletrônica: Banda Uó – “Motel” (GO)
Melhor álbum de música instrumental: Vitor Araújo – “A/B” (PE)
Melhor álbum de rap / hip hop / black music: BNegão & Seletores de Frequência – “Sintoniza Lá” (RJ)
Melhor álbum de reggae: Mato Seco – “Seco e Ainda Vivo” (SP)
Melhor álbum de rock: Vivendo do Ócio – “O Pensamento É Um Imã” (BA)
Melhor álbum internacional: Alabama Shakes – “Boys & Girls” (EUA)
Melhor álbum pop: Cascadura – “Aleluia” (BA)
Melhor álbum punk / hardcore: Garage Fuzz – “Warm & Cold” (SP)
Melhor álbum regional: Sertanília – “Ancestral” (BA)
Melhor casa de shows alternativos: Casa do Mancha (SP)
Melhor evento: Lolapalooza (SP)
Melhor produtora ou entidade: Itaú Cultural (SP)
Melhor programa de rádio ou emissora: Metal Heart
Melhor programa de TV ou emissora: Estúdio Show Livre
Melhor revista, fanzine ou jornal impresso: Noize
Melhor selo: Som Independente (AM, AP, PA, RR)
Melhor site, coluna, blog ou fanzine: Whiplash
Personalidade: Tatola
Revelação: Monoclub (SP)


Link: 
http://www.dynamite.com.br/blog/2013/08/confira-os-vencedores-do-premio-dynamite-2013/



Compartilhe no Google+
    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário