A Banda Os Anacrônicos Lança o seu 1º EP, Nau dos Loucos, pelo Selo Som Independente Records



A banda Os Anacrônicos vem ao público mostrar seu primeiro EP, intitulado de Nau dos Loucos, lançado pelo Selo Som Independente Records, onde contém 05 faixas de um belo trabalho.


A banda “Os anacrônicos” apesar de ser uma banda recente, nasce de um longo processo de amadurecimento musical, suas composições possuem certa temporalidade. Surge particularmente do ideário do músico Telmo Renato de unir poesia e música nas idas da década de 1990. 

Neste mesmo ano e constituída a banda Smog que promove diversos shows pela cidade, apresentando no teatro experimental Waldemar Henrique o espetáculo denominado: “Estelares: o ensaio”, onde são divulgadas as músicas que hoje também fazem parte do repertório da banda “Os anacrônicos”, como: “Estelares”, “Pseudojuventude”, “Vida infame”, “Paraíso” e “Suicídio”.   

Em 2011, já com as composições amadurecidas, arranjadas e estruturados Telmo Renato parte para a busca de músicos para comporem o novo projeto musical, daí surge a banda “Os Anacrônicos”. São incorporados ao novo projeto os músicos: Hugo Kamundongo (baixo) e Jaílson Noronha (bateria). Músicos que já possuíam um trabalho autoral no distrito de Icoaraci-Pa com a banda “Utramodernos”. Se junta a estes músicos o gaitista Tonny Lisboa. Surge então a banda “Os Anacrônicos”.

O nome da banda é uma analogia a temporalidade das letras das músicas que, apesar de possuírem certa temporalidade, continuam atuais.   

Após um ano e meio contribuindo com a sonoridade da banda, o baterista Jailson Noronha é substituído por Melk Moraes, e a banda inicia a preparação de seu primeiro EP gravado por Kleber Chaar no LK music Studio.


A banda é formada por:

Telmo Renato Araújo (Voz e Guitarra);
Tonny Lisboa (Gaita e Voz);
Hugo Kamundongo (baixo);
Melk Moraes (Bateria).


Links

Contatos
Telefones: (91) 99617-7058/98850-6824
 
Escute as músicas abaixo ou faça o download aqui!

Compartilhe no Google+
    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário